Em clssico de poucas chances, CSA e CRB no saem do zero pela Copa do Nordeste :: ogol.com.br

A exemplo do que aconteceu nos últimos três clássicos entre CSA e CRB, os alagoanos se enfrentaram pela Copa do Nordeste, não conseguiram balançar as redes do Rei Pelé e terminaram empatados, em 0 a 0.

O empate mantém o Azulão na zona de classificação para a próxima fase do Nordestão, agora em quarto no Grupo B, com nove pontos. Do outro lado, o Galo contou com o tropeço do Vitória para entrar no G4 da Chave A, com cinco.

Equilíbrio e poucas chances

Como de costume, o maior clássico do estado de Alagoas começou equilibrado. Muita disputa no meio de campo, ataques pouco inspirados e quase nenhuma chance clara de gol. 

No Azulão o mais acionado era o Apodi, que avançava bem pelo lado direito. Já no Galo, Hugo Sanches era quem mais se apresentava para o jogo, mas sem conseguir levar perigo para o adversário.

Lances de perigo na primeira etapa, só para o lado azulino. Matheus Sávio, em cobrança de falta, e Patrick Fabiano, após receber cruzamento de Apodi e dividir com a defesa, quase marcaram para a equipe mandante no derby.

Assim como foi o primeiro tempo, a volta do intervalo não empolgou. Tanto CSA, quanto CRB encontravam muitas dificuldades no setor de criação. 

Com o jogo truncado e de pouca técnica, os treinadores buscaram substituições no setor ofensivo para alterar o panorama do clássico, mas nada funcionou.

Até que, no último minuto, Apodi teve a grande chance da partida, mas, de cabeça, acabou parando em boa defesa do goleiro Edson Mardden. Fim de jogo e nada de gols no Rei Pelé.

 


Source link