Conceição atira-se aos críticos | MINHO Noticias
Connect with us

MINHO Noticias

Conceição atira-se aos críticos

Noticias

Conceição atira-se aos críticos

Na antevisão do jogo de domingo com o Feirense, o treinador do F. C. Porto recordou o clássico da jornada anterior e disse o que lhe estava entalado na garganta.

“Erros todos cometemos, mas o que se faz aqui é pensado. Alguém aqui quer ganhar mais do que eu, do que os jogadores ou do que a estrutura do F. C. Porto? Manafá e Adrián López tinham jogado nos três jogos anteriores, contra Setúbal, Tondela e Braga, nos quais sofremos zero golos. Manafá tinha-me dado garantias muito positivas. O atleta que tinha feito essa posição noutros jogos [Éder Militão] teve aquele comportamento que foi o que foi. Tenho de ser coerente no balneário”, disse Sérgio Conceição, justificando desta forma algumas das opções que tomou no duelo com o Benfica.

“Cada um opina da forma que quer, mas o que importa é o que nós fazemos aqui dentro. Ainda agora no jogo com a Roma escreveram que o ouro estava no banco, mas que eu mexi mal na equipa. Mas que estupidez é esta? Corona saiu porque estava com limitações físicas e não tinha treinado desde o jogo com o Benfica. Soares fez-me duas vezes sinal de que queria a substituição”, revelou, já em alusão ao jogo que valeu aos dragões a passagem aos quartos de final da Champions.

Voltando às incidências do clássico, o técnico portista comentou o facto de não ter cumprimentado João Félix após a partida. “No final do jogo, eu estou preocupado com os meus jogadores. Não quero saber dos rivais. Tenho de ser hipócrita e andar a dar beijinhos e abraços aos adversários?”, questionou, acrescentando, sem mencionar Félix, que o avançado do Benfica, amigo do filho Rodrigo, passou férias no ano passado com a família Conceição: “Pode voltar a fazê-lo este ano, sem problema nenhum. Só tem de pagar a viagem. O almoço e o pequeno almoço pago eu”.

Em relação ao jogo com o Feirense, Sérgio Conceição disse que o F. C. Porto tem de “mudar o chip” e concentrar-se no campeonato, que é “o mais importante”. “A seu tempo falaremos da Liga dos Campeões. Vimos de um jogo intenso, que provocou grande desgaste nos jogadores, mas temos de estar ao mais alto nível. O Feirense está em último e, tal como nós, vê cada jogo como uma final”, sublinhou.




Source link

Continue Reading
You may also like...

More in Noticias

To Top

Powered by WP Robot

%d bloggers like this:
Ir para a barra de ferramentas