Presidente do Castlo da Maia desmente irregularidade dos atletas sinalizados pelo SEF :: zerozero.pt

Em declarações à Tribuna Expresso, Celestino Fonseca, presidente do Castêlo da Maia, desmentiu o conteúdo do comunicado publicado pelo Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF), que dá conta da situação de cinco atletas do clube estarem em situação ilegal.

O presidente garantiu que os cinco atletas (três brasileiros, um chileno e um bielorrusso) estão legais e corrigiu ainda uma informação adiantada no comunicado.

«Os jogadores em questão terão de lançar toda a documentação numa plataforma do SEF nos próximos 20 dias. Os atletas estão legais, têm contrato de trabalho, salário, número de contribuinte e morada. Aliás, se não tivessem estes documentos nem sequer poderiam ter sido inscritos pela Federação Portuguesa de Voleibol», afirmou Celestino Fonseca.

Posto isto, os atletas têm 20 dias para provar que estão no país em plena situação legal. No caso de falharem a apresentação da documentação em tempo devido, serão notificados para abandonar voluntariamente o país.


Source link