Lince ibérico encontrado morto com 300 chumbos no corpo

Chamava-se Marvel e tinha apenas três anos. Este lince ibérico foi encontrado morto, na passada sexta-feira, dia 28, em Córdoba, Espanha, com mais de 300 chumbos no corpo. Segundo explicou ao jornal espanhol “El País” o diretor do programa Life+ Iberlince, o biólogo Miguel Ángel Simón, Marvel morreu depois de receber “um tiro interncionado à queima-roupa”.

Segundo o responsável pelo Life + Iberlince, que visa a recuperação da distribuição histórica do lince ibérico em Portugal e em Espanha, o animal foi levado para o centro de Málaga onde foi sujeito a uma radiografia que mostrou mais de 300 chumbos espalhados pelo corpo de Marvel. Perante a presença de tantos chumbos, Miguel Ángel Simón não consegue precisar quantos tiros foram disparados sobre aquele lince.

Perplexo, aquele biólogo desabafou, na sua conta no Twitter, que casos como estes “são dramáticos para o esforço dos dois países [Portugal e Espanha]” na reintrodução da espécie na Península Ibérica.

O animal foi encontrado graças ao colar de GPS que transportava consigo. Segundo aquele biólogo, Marvel pertencia a uma população de linces do rio Guadalmellato, um afluente de Guadalquivir. O programa Life + Iberlince enviará também todos os dados recolhidos à Guardia Civil espanhol, que já está a investigar este caso.

Em 2017 morreram 58 linces ibéricos, a maioria dos quais – 31 – atropelados. Outros oito foram mortos por caçadores furtivos.




Source link