Silas: ″Queremos atacar muito″

Treinador do Belenenses falou do jogo com o Sporting e aproveitou para elogiar José Peseiro

O treinador do Belenenses, Silas, assegurou que a sua equipa trabalhou a parte ofensiva para a visita ao Sporting, na quinta-feira, em jogo da 15.ª jornada da Liga Portuguesa.

“Temos de trabalhar também muito a parte ofensiva, porque as equipas muito ofensivas sofrem quando não têm a bola. Já o fazemos [treinar a parte ofensiva], mas voltámos a trabalhar. Queremos ter bola também, não queremos andar a reagir ao que o Sporting vai fazer. Queremos ter a bola e atacar muito”, assumiu.

Em conferência de imprensa, Silas deixou ainda elogios ao anterior treinador do Sporting, José Peseiro, que considera ter deixado as bases para o holandês Marcel Keizer colocar agora a equipa a jogar melhor.

“[O Sporting] É diferente, porque agora já tem bases que foram criadas pelo Peseiro. Agora já pouca gente se lembra de como estava o Sporting antes do Peseiro. É muito mais fácil o trabalho do treinador que veio depois”, referiu.

Para o treinador dos azuis, “é uma surpresa” o Sporting estar neste momento na luta pelo título, sobretudo devido ao que aconteceu no clube “depois de maio”.

“Grande trabalho do mister Peseiro, que manteve o Sporting a um nível muito bom e num lugar na tabela em que pudesse lutar pelo título. Muitos poucos treinadores conseguiriam fazer esse trabalho numa altura difícil. O mister Keizer está a aproveitar esse trabalho. Não acreditava que o Sporting podia estar como está. Queremos ganhar, mas podemos perder, porque eles são muito bons”, referiu.

Embora admita que sonha “sempre em defrontar os melhores”, pelo que preferia que Bruno Fernandes jogasse, Silas diz que o Sporting “perde alguma capacidade” sem o “melhor médio a jogar em Portugal”, que está castigado.

O Belenenses é a única equipa no campeonato sem derrotas como visitante, com Silas a considerar que o seu conjunto tem “capacidade para ganhar a qualquer equipa em Portugal”, considerando que o “mais difícil” é fazer os seus jogadores acreditar tanto quanto ele.

“[Invencibilidade fora de casa] É sinal que podemos ir a qualquer campo e ser competitivos, mas ainda não jogámos em casa de nenhum dos quatro primeiros, o que torna essa estatística mais fácil. Vamos ter um grande teste, mas acredito que podemos continuar invictos fora de casa”, afirmou.

O pouco tempo de descanso, após a receção ao FC Porto (derrota por 2-1), para a Taça da Liga, em 31 de dezembro, não preocupa Silas, uma vez que defrontou os ‘dragões’ com alguns jogadores menos utilizados, que deram uma boa resposta, pelo que “vão ter oportunidades” em outras alturas de calendário mais repleto.

O Belenenses, sexto classificado da ​​​​​​​I Liga, com 22 pontos, defronta na quinta-feira o Sporting, terceiro, com 31, no Estádio José Alvalade, em Lisboa, em jogo com início às 18h00.




Source link