A importância da confiança no local de trabalho | MINHO Noticias
Connect with us

MINHO Noticias

A importância da confiança no local de trabalho

Desporto

A importância da confiança no local de trabalho

Este artigo discutirá os desafios enfrentados pelas organizações em relação a ganhar, desenvolver e reter a confiança dos funcionários. Especificamente, ênfase especial em como e por que as empresas devem desenvolver confiança em sua força de trabalho. Em seguida, discutirei a implicação que pode e será enfrentada pelas organizações se elas não desenvolverem confiança em sua força de trabalho. Além disso, vou oferecer sugestões de como criar confiança nas organizações.

Como os gerentes são iniciadores de confiança, o público-alvo deste artigo será a administração em todos os níveis de uma empresa. É essencial que a administração entenda o valor da confiança e como promover a confiança em suas organizações. Competência, integridade e relacionamento com funcionários são alguns fatores que determinam a confiança organizacional. No entanto, a natureza elusiva da confiança faz com que seja uma das características mais difíceis de manter. A gerência precisa que os funcionários sintam que são valorizados, confiáveis ​​e que acreditem que a empresa está agindo com integridade em seu melhor bem-estar. Em uma pesquisa recente, conduzida por Watson Wyatt, eles entrevistaram 13.000 pessoas em diferentes níveis de emprego e indústrias. O estudo revelou que menos de dois em cinco funcionários hoje confiam ou confiam em seus líderes seniores (Caudreon). Estes resultados mostram que há espaço para melhorias, no desenvolvimento da confiança dentro das organizações.

Eventos recentes no mundo dos negócios tornaram mais difícil para as empresas manter a confiança. Os escândalos contábeis do autor Anderson, Tyco, World Com. E Enron são apenas alguns dos recentes escândalos. Também o conflito intratável no Oriente Médio, 11 de setembro, e o abuso de crianças por padres católicos também contribuíram para a falta de confiança dos povos (Chen 1). Isso deixa uma força de trabalho com uma visão muito cínica do gerenciamento, baseada em suas observações de que a administração muitas vezes deixou de lado a ética para beneficiar os resultados. Mesmo em empresas que têm um registro limpo, são as pequenas coisas que estão minando a confiança, como a administração dizendo uma coisa e fazendo outra, esquecendo as promessas e gerando confusão (Caudreon 2).

Fatores econômicos, resultando em demissões causaram perda de confiança em muitos indivíduos. Isso, por sua vez, tem sido a causa do moral baixo e da redução da lealdade da empresa. O downsizing tem o mesmo efeito nos funcionários, especialmente se não for tratado corretamente ou mal comunicado. Os funcionários restantes estão presos perguntando: “Eu sou o próximo?” Isso tem um efeito ainda mais devastador sobre os funcionários mais novos e mais novos que recentemente assistiram à alta gerência ser demitida ou demitida depois de terem sido leais e servido à corporação por muitos anos. Isso envia a mensagem de que a lealdade não existe mais nas empresas e, quando a economia melhora, esses funcionários provavelmente procurarão emprego onde se sintam mais seguros.

Outros custos ocultos de desconfiança no local de trabalho incluem: nenhuma lealdade à empresa, comprometimento reduzido e maior rotatividade de funcionários. Funcionários desconfiados não são tão produtivos. Da mesma forma, a desconfiança na administração desperdiça tempo para verificar os funcionários. Portanto, é imperativo que as empresas trabalhem para construir confiança em suas organizações.

Como você constrói confiança? A confiança é conquistada quando os interesses de todos são considerados e respeitados. A comunicação é a chave para fazer isso. A seguir, uma lista de sugestões para criar e manter a confiança.

Construindo confiança:

o Assegure a comunicação aberta.

o Diga a verdade.

o Compartilhar boas e más informações entre todos os níveis da organização.

o Incentivar a criatividade.

o fomentar talentos.

o Permitir desacordo sem repercussões negativas.

o Manter a integridade.

o Tome decisões que sejam justas e consistentes.

Mantendo a confiança:

Recompensar a atividade de valor agregado.

o Os gerentes devem dizer o que farão, e fazer o que dizem que farão, de uma maneira gentil e ser consistente.

o recompensar os comportamentos pró confiança.

Punir violações de confiança.

Ganhando confiança

Seja honesto.

o Gestão abraçando a mudança.

o Liderar pelo exemplo.

o Gestão visível para todos os níveis da empresa.

o Melhorar o treinamento.

o Comunicação no maior avanço possível.

o Tente alternativas de redução da força de trabalho; tal como,

o desligamento voluntário,

o e reforma antecipada.

No final, as organizações não podem ganhar, desenvolver ou manter a confiança dos funcionários; só as pessoas podem. A confiança é uma experiência interpessoal, enquanto as organizações podem definir políticas e práticas que promovam a confiança; são os comportamentos dos indivíduos, especialmente os líderes, que determinam o nível de confiança em uma organização. Ser honesto é a maneira mais fácil de evitar a perda de confiança. Se você não souber a resposta, diga. Se você tem uma pergunta difícil, pergunte. Se você disser que vai fazer algo, faça ou forneça uma atualização do motivo pelo qual o cronograma foi alterado. São as pequenas coisas, que se somam, que ajudam a ganhar e manter a confiança dentro das organizações.


Source by Sheri Levit

Continue Reading
You may also like...

More in Desporto

To Top

Powered by WP Robot

%d bloggers like this:
Ir para a barra de ferramentas