Investimento para o Norte é 48% menor que o do Sul | MINHO Noticias
Connect with us

MINHO Noticias

Investimento para o Norte é 48% menor que o do Sul

Noticias

Investimento para o Norte é 48% menor que o do Sul

As regiões Norte e Centro vão receber menos 48,14% do que as regiões de Lisboa e Sul para os projetos do Programa Nacional de Investimentos (PNI) 2030 que têm uma localização concreta.

Dos 21 950 milhões de euros que o Governo prevê gastar em projetos nacionais, cerca de um quinto (4191 milhões de euros) vai direto para Lisboa, Alentejo e Algarve, enquanto só 2829 milhões ficam para o Norte e o Centro. Os restantes milhares de milhões destinam-se a projetos de âmbito nacional.

De acordo com o documento completo do PNI, a que o JN teve acesso, logo no capítulo dedicado aos transportes públicos, a Área Metropolitana de Lisboa vai ter 670 milhões de euros para desenvolver sistemas de transportes públicos em sítio próprio (faixas de BUS melhoradas), ao passo que a Área Metropolitana do Porto dispõe de apenas 240 milhões de euros para o mesmo efeito.

Olhando ao setor marítimo-portuário, o maior porto nacional (Sines, com uma quota de 51,4%) vai receber 940 milhões de euros de investimento, mas Lisboa (12,4% da tonelagem movimentada nos portos) recebe 665 milhões de euros e Leixões (o segundo porto nacional, com 20,4% de quota) terá de contentar-se com 379 milhões de euros. Entre os portos de menor dimensão, Aveiro (113 milhões) também receberá menos do que Setúbal (124 milhões).

CENTRALISMO

Apenas na região da Grande Lisboa já se conheciam alguns dos maiores investimentos do PNI 2030: a segunda fase de expansão do aeroporto (507 milhões de euros por comparação a 100 milhões de euros para os restantes aeroportos nacionais), a ligação ferroviária da Linha de Cascais à linha de cintura (200 milhões, o dobro do disponível para modernizar a Linha do Alentejo ou a do Algarve) e a ligação rodoviária do Arco Ribeirinho Sul à A2 (200 milhões quando o resto do país tem apenas 300 milhões para ligar as zonas empresariais às principais rodovias).




Source link

Continue Reading
You may also like...

More in Noticias

To Top
%d bloggers like this: