Ministério retira nomeação para Direção-Geral das Artes horas depois de a anunciar | MINHO Noticias
Connect with us

Ministério retira nomeação para Direção-Geral das Artes horas depois de a anunciar

Noticias

Ministério retira nomeação para Direção-Geral das Artes horas depois de a anunciar

Susana Graça, nomeada esta sexta-feira para assumir o cargo de diretora-geral das Artes, “não tem condições para exercer”, segundo a ministra da Cultura.

Poucas horas após ter comunicado a nomeação de Susana Graça para o cargo de diretora geral das Artes a partir de 1 de fevereiro, esta sexta-feira à tarde, o Ministério da Cultura enviou novo comunicado retirando a nomeação. De acordo com a informação enviada às redações, “a ministra da Cultura tomou conhecimento de que existe um processo judicial em curso, movido por Susana Graça contra o organismo que iria dirigir”.

A atual assessora para as Relações Económicas na Embaixada da Noruega, em Lisboa, terá em curso um processo “relativo à cessação da sua comissão de serviço enquanto diretora dos serviços de planeamento, informação e recursos humanos da DGArtes”.

Até nova nomeação, adianta o Ministério da Cultura, manter-se-á em funções Sílvia Belo Câmara, que tinha sido nomeada diretora-geral das Artes em maio de 2018, na altura substituindo Paula Varanda, demitida por “quebra de confiança política”.

Esta sexta-feira à tarde, depois de conhecida a decisão de nomear Susana Graça para a Direção-Geral das Artes, a ministra da Cultura disse aos jornalistas que este calendário estava a ser preparado “há quase um mês”.

“Esta substituição foi articulada entre ambas [Susana Graça e Sílvia Belo Câmara], foi preparada, e coincide por um lado com a vontade” da atual diretora-geral das Artes, Sílvia Belo Câmara, de cessar as funções, e “a noção de que se irá abrir um ciclo, com uma pessoa que começa numa fase de transição entre modelos de apoio às artes”, disse hoje a ministra da Cultura.

Graça Fonseca afirmou que esta “articulação foi preparada ao longo de quase um mês, e tinha esta coincidência com a preparação do novo concurso de apoio às artes de 2019, para o biénio 2020/2021”, cujos prazos, garantiu, “irão ser cumpridos”.




Source link

Continue Reading
You may also like...

More in Noticias

To Top
%d bloggers like this:
Ir para a barra de ferramentas