À terceira… não foi de vez! :: zerozero.pt | MINHO Noticias
Connect with us

MINHO Noticias

À terceira… não foi de vez! :: zerozero.pt

Desporto

À terceira… não foi de vez! :: zerozero.pt

Não sei se é uma espécie de azar ou aselhice por parte dos jogadores do FC Porto, mas desde que esta Taça da Liga foi criada o clube perdeu sempre. E quando foi chamado a disputar os jogos na marcação das grandes penalidades perdeu também. Esta conta já vai em 3.

Pensei eu que aquele domínio por parte da equipa portista na segunda parte e o golo tardio do Fernando Andrade seriam suficientes para finalmente vencer esta competição pela primeira vez na história, mas isso não se sucedeu. O Porto, após o 1×0, recuou, sem necessidade pois estava por cima do jogo e ao defender o resultado permitiu a um Sporting com evidentes sinais de cansaço físico criar perigo junto à área, e onde através de um lance infeliz por parte de Óliver, saca o empate do jogo de grande penalidade concretizada. E o 2×1 para a equipa da Alvalade não surgiu perto do fim porque Vaná faz uma enorme defesa após remate de Diaby, impedindo que o jogo terminasse ali. 

Um único erro do FC Porto na segunda parte, mas fatal naquela fase do jogo (dar iniciativa ao Sporting invés de controlar o jogo com bola) foi o suficiente para levar a equipa a disputar na marcação das grandes penalidades a vitória daquela taça. Mais uma vez o FC Porto não foi eficaz nesta marcação e o Sporting acaba por ser o vencedor.

Eu não gosto de perder. Aliás, ninguém gosta de perder, mas o que mais me deixou zangado e frustrado foi ver vários adeptos portistas nas redes sociais caírem com as culpas em cima do Óliver. O miúdo que terminou o jogo devastado e a chorar é o aparente “culpado” por esta derrota. Até onde cabe a noção de jogo, naqueles minutos finais, na cabeça dessas pessoas? O desgosto e a frustração pela derrota tem que recair num jogador que, infelizmente e sem culpa alguma, causou uma grande penalidade? Sejam justos e analisem o jogo de outra forma. 

A Taça da Liga desta temporada chegou ao fim. A competição já vai nas 12 edições e o FC Porto nunca venceu nenhuma delas. O Benfica venceu 7 vezes, o Sporting 2, o Vitória de Setúbal, Braga e Moreirense venceram as restantes. Este vazio portista é para durar até quando? 

Em tempos desvalorizei a competição pois sentia que não havia interesse por parte do clubes e adeptos, e eu próprio dava, e continuo a dar, prioridade ao Campeonato e Taça Nacional, mas depois de presenciar as derrotas consecutivas na competição, criei em mim uma enorme vontade de ver conquistada esta Taça da Liga. Para além de que é a única que o palmarés do clube ainda não viu. E quero que essa primeira conquista ocorra através da marca dos 11 metros para assim ver por terminada a assombração (ou aselhice) dos penáltis. 

Não sei se é uma espécie de azar ou aselhice por parte dos jogadores do FC Porto, mas desde que esta Taça da Liga foi criada o clube perdeu sempre. E quando foi chamado a disputar os jogos na marcação das grandes penalidades perdeu também. Esta conta já vai em 3.

 

Pensei eu que aquele domínio por parte da equipa portista na segunda parte e o golo tardio do Fernando Andrade seriam suficientes para finalmente vencer esta competição pela primeira vez na história, mas isso não se sucedeu. O Porto, após o 1×0, recuou, sem necessidade pois estava por cima do jogo e ao defender o resultado permitiu a um Sporting com evidentes sinais de cansaço físico criar perigo junto à área, e onde através de um lance infeliz por parte de Óliver, saca o empate do jogo de grande penalidade concretizada. E o 2×1 para a equipa da Alvalade não surgiu perto do fim porque Vaná faz uma enorme defesa após remate de Diaby, impedindo que o jogo terminasse ali. 

 

Um único erro do FC Porto na segunda parte, mas fatal naquela fase do jogo (dar iniciativa ao Sporting invés de controlar o jogo com bola) foi o suficiente para levar a equipa a disputar na marcação das grandes penalidades a vitória daquela taça. Mais uma vez o FC Porto não foi eficaz nesta marcação e o Sporting acaba por ser o vencedor.

 

Eu não gosto de perder. Aliás, ninguém gosta de perder, mas o que mais me deixou zangado e frustrado foi ver vários adeptos portistas nas redes sociais caírem com as culpas em cima do Óliver. O miúdo que terminou o jogo devastado e a chorar é o aparente “culpado” por esta derrota. Até onde cabe a noção de jogo, naqueles minutos finais, na cabeça dessas pessoas? O desgosto e a frustração pela derrota tem que recair num jogador que, infelizmente e sem culpa alguma, causou uma grande penalidade? Sejam justos e analisem o jogo de outra forma. 

 

A Taça da Liga desta temporada chegou ao fim. A competição já vai nas 12 edições e o FC Porto nunca venceu nenhuma delas. O Benfica venceu 7 vezes, o Sporting 2, o Vitória de Setúbal, Braga e Moreirense venceram as restantes. Este vazio portista é para durar até quando? 

 

Em tempos desvalorizei a competição pois sentia que não havia interesse por parte do clubes e adeptos, e eu próprio dava, e continuo a dar, prioridade ao Campeonato e Taça Nacional, mas depois de presenciar as derrotas consecutivas na competição, criei em mim uma enorme vontade de ver conquistada esta Taça da Liga. Para além de que é a única que o palmarés do clube ainda não viu. E quero que essa primeira conquista ocorra através da marca dos 11 metros para assim ver por terminada a assombração (ou aselhice) dos penáltis. 

Não sei se é uma espécie de azar ou aselhice por parte dos jogadores do FC Porto, mas desde que esta Taça da Liga foi criada o clube perdeu sempre. E quando foi chamado a disputar os jogos na marcação das grandes penalidades perdeu também. Esta conta já vai em três.

 

Pensei eu que aquele domínio por parte da equipa portista na segunda parte e o golo tardio de Fernando Andrade seriam suficientes para finalmente vencer esta competição pela primeira vez na história, mas isso não se sucedeu. O FC Porto, após o 1×0, recuou, sem necessidade pois estava por cima do jogo e ao defender o resultado permitiu a um Sporting com evidentes sinais de cansaço físico criar perigo junto à área, onde, através de um lance infeliz por parte de Óliver, saca o empate do jogo de grande penalidade concretizada. E o 2×1 para a equipa de Alvalade não surgiu perto do fim porque Vaná faz uma enorme defesa após remate de Diaby, impedindo que o jogo terminasse ali. 

 

Um único erro do FC Porto na segunda parte, mas fatal naquela fase do jogo (dar iniciativa ao Sporting invés de controlar o jogo com bola), foi o suficiente para levar a equipa a disputar na marcação das grandes penalidades a vitória daquela taça. Mais uma vez, o FC Porto não foi eficaz nesta marcação e o Sporting acabou por ser o vencedor.

 

Eu não gosto de perder. Aliás, ninguém gosta de perder, mas o que mais me deixou zangado e frustrado foi ver vários adeptos portistas nas redes sociais caírem com as culpas em cima de Óliver. O miúdo, que terminou o jogo devastado e a chorar, é o aparente “culpado” por esta derrota. Até onde cabe a noção de jogo, naqueles minutos finais, na cabeça dessas pessoas? O desgosto e a frustração pela derrota tem que recair num jogador que, infelizmente e sem culpa alguma, causou uma grande penalidade? Sejam justos e analisem o jogo de outra forma. 

 

A Taça da Liga desta temporada chegou ao fim. A competição já vai nas 12 edições e o FC Porto nunca venceu nenhuma delas. O Benfica venceu sete vezes, o Sporting duas, o Vitória de Setúbal, Braga e Moreirense venceram as restantes. Este vazio portista é para durar até quando? 

 

Em tempos desvalorizei a competição pois sentia que não havia interesse por parte do clubes e adeptos, e eu próprio dava, e continuo a dar, prioridade ao Campeonato e Taça de Portugal, mas depois de presenciar as derrotas consecutivas na competição, criei em mim uma enorme vontade de ver conquistada esta Taça da Liga. Para além de que é a única que o palmarés do clube ainda não viu. E quero que essa primeira conquista ocorra através da marca dos 11 metros para assim ver por terminada a assombração (ou aselhice) dos penáltis. 


Source link

Continue Reading
You may also like...

More in Desporto

To Top

Powered by WP Robot

%d bloggers like this:
Ir para a barra de ferramentas